Wednesday, April 30, 2014




Hoje vou contar-vos o que me aconteceu esta semana no metro. Já foram perseguidas por alguém? Esse alguém era mais novo ou mais velho? 
Bem... O que aconteceu foi que apanhei um belo de um susto com um senhor (que me apetece ser extremamente rude, mas não o vou ser) de idade. 
Eu bem descansada da minha vida, entro no metro de S. Bento para me dirigir para o Conservatório de música onde estudo. Como ainda faltavam 4 minutos para o metro chegar, decidi sentar-me porque  não existe nada melhor do que estar sentada depois de uma caminhada... É aí, que me aparece esse tal senhor á minha frente. Olha-me diretamente, com um sorriso "maroto" (vamos chamar-lhe assim) e senta-se ao meu lado. Não é apenas ao meu lado... É encostado a mim, literalmente. 
Com isso, olho para o lado oposto porque sinto-me demasiado observada. Não quis ligar, porque achei que o senhor estava apenas a ser simpático. 
Mas não me pareceu, porque quando faltam menos de 2 minutos para o metro chegar eu vou para a outra ponta da linha e quem vem a meu encontro? O MESMO, O TAL SENHOR ASSUSTADOR E COM AR DE PERVERTIDO. Veio devagar sempre com aquele sorriso e coloca-se ao meu lado. Não se coloca ao meu lado, enrosca-se a mim como um gato a coçar-se. Fiquei assustada como é óbvio. 
Então, caminhei em passo largo para o outro lado da linha e lá entrei no metro, num lugar oposto ao dele. 
Nunca mais o vi... E nunca mais o pretendo ver. E vocês? Já tiveram experiências parecidas?

18 comments:

  1. Ai que mau.. :\ tadinhaaa! a mim nunca me aconteceu algo assim, pelo menos não me lembro :c
    mas espero que não te volte a acontecer..

    beijinho ❤

    ReplyDelete
  2. eu não estou em jornalismo querida, essa era a minha ultima opção.

    ReplyDelete
  3. que cena coitada, nunca me aconteceu ser perceguida mas dos olhares sei q falar...

    ReplyDelete
  4. Nunca me aconteceu :o

    Andas em que conservatório?

    ReplyDelete
  5. Eu acho que isso está relacionado com os telefonemas que tens recebido daquela mulher que fala brasileiro :D

    ReplyDelete
  6. estou a seguir**
    espero por ti no meu
    http://www.annydajuba.blogspot.pt

    ReplyDelete
  7. Credo, que medo!!

    r: Os teus comentários... Nossa!
    Bem, os meu ataques são muito parecidos com os teus, fico com imensas tonturas, suo por todos os lados, tremo por todos os lados, tanto tenho frio como tenho calor, quando estou na cama as minha pernas têm "cliques" e abanam do nada e claro sinto o coração super acelarado. De vez em quando fico com uma dor forte na barriga e mal disposta, mas estes últimos sintomas são mais raros!
    Eu já tenho ataques há 3 anos, antes de ter a depressão começar estes ataques, foram uma das razões para ir à medica, depois comecei a ficar demasiado "sensível" eu de sensivel não tinha nada e comecei a chorar por tudo e por nada e chateava-me com quem mais gostava e não me sentia bem comigo mesma, fui à médica de família que me mandou para a pedopsiquiatra que me disse que o que tinha eram ataques de ansiedade e uma depressão.
    Comecei a tomar medicação.
    No início do mês passado tive alta, deixei de tomar os antidepressivos, agora só tomo os comprimidos para dormir, até os exames porque em parte acalmam. E não tenho ataques há um tempito também.
    Basta encarares as coisas de outra maneira que tudo melhora vais ver.
    E se estás pronta para dar o teu melhor e deixar todos de boca aberta e se vais dar tudo o que tens, então os ataques ficarão para último plano!
    Força*

    ReplyDelete
  8. r: Eu não sei se quero porque a única formação que tenho é no gj (o gj é um grupo de jovens, é um coro de igreja diferente dos outros, somos todos jovens e damos outro ser à coisa), há gente lá que andou em orfeões e afins e então ajuda quem não tem formação, mas formação concreta eu não tenho e é por isso que eu acho que não vou entrar...
    Adorava entrar num conservatório a sério, mas não tenho dinheiro para isso.

    Mas também amo teatro e biologia por isso é que talvez vá entrar num destes cursos na universidade, não preciso de formação antes para nenhum deles e adoro representar e estudar a natureza e isso. Vai ser um grande problema para mim escolher...

    ReplyDelete
  9. R: Fiz dois testes um pela escola e outro num curso de línguas. Mas eu acho que da para se auto-inscrever. O teste basicamente consiste numa prova oral uma de escuta e o normal teste escrito.
    Podes tentar procurar mais informação neste site:
    http://www.cambridgeenglish.org/br/exams-and-qualifications/key-for-schools/

    Espero ter ajudado, beijinhos :)

    ReplyDelete
  10. infelizmente, e piores situações :/ há homens mesmo nojentos !

    ReplyDelete
  11. r: obrigada querida *.* também já te mandei pedido pra seguir no instagram!
    Coitadinhaa! nem imagino a tua aflição.. e deves agora pensar que ele pode aparecer no mesmo lugar, a fazer o mesmo, não?! olha que comigo eu iria pensar -.-
    beijinhoo ❤

    ReplyDelete
  12. que m-e-d-o !

    r: o meu espanta-espiritos também não irá ser muito grande , quero é incorporar-lhe um buda (:

    ReplyDelete
  13. Sim, «daqui fala a Jerusa», ahah

    ReplyDelete
  14. Quando quiseres, levo-o! Tem ficção histórica e eu sei que tu gostas muuito disso!
    Ah! E eu entendi a referência ao 2048 :D

    ReplyDelete
  15. r: não acho que matemática seja "para os fortes", há cursos bem mais complicados xb mas é um curso apenas para quem gosta mesmo, não dá para ir sem gostar... ou melhor, ir até dá, não dá é para sair de lá com o curso xb

    ReplyDelete
  16. Não mas ficarei assustada como tu :/

    ReplyDelete
  17. É horrível, mas no fim dá para rir. Ainda na quarta feira fui perseguida por um homem, desatei a correr de medo e ele também começou a correr, olha juro-te ia morrendo de medo naquele momento até que me meti num centro comercial

    ReplyDelete



blogger template by lovebird